Nacional

A Polícia Apreende 50 Pontas De Marfim Em Boane

A polícia moçambicana apreendeu 50 pontas de marfim numa residência no distrito de Boane, na província de Maputo, anunciou hoje fonte da corporação.

Henrique Mendes, porta-voz do Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic), na província de Maputo, durante uma conferência de imprensa. Disse que  As autoridades desconhecem a proveniência das pontas de marfim, avançando que podem ter resultado do abate de 25 elefantes de diferentes áreas de conservação do país,

Segundo as autoridades, não houve ainda detidos em relação com o caso.

O Sernic, em coordenação com a Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) de Moçambique, está a desenvolver um trabalho visando “descobrir a real proveniência das pontas”, referiu o porta-voz.

A caça furtiva em Moçambique tem sido uma grave ameaça à vida selvagem no país, tendo reduzido drasticamente algumas espécies, segundo dados oficiais.

De acordo com os últimos dados da ANAC, desde 2009, o país perdeu pelo menos dez mil elefantes e, só na Reserva do Niassa, no norte do país, o número total desta espécie passou de 12.000 para 4.400 em três anos (entre 2011 e 2014).

Relatórios mais recentes indicam que o país perdeu, entre 2011 e 2016, 48% da população de elefantes.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo