Futebol

ANTIGOS JOGADORES DO FC PORTO ARGUMENTAM SOBRE O JOGO DE FC PORTO SPORTING

Com o FC Porto-Sporting a aproximar-se a passos largos, alguns antigos jogadores dos dois clubes falaram do que esperam do duelo que terá lugar esta sexta-feira, às 20.15 horas, no Estádio do Dragão, à margem de um clássico de sumo, que decorreu esta quinta-feira, em Almargem do Bispo.

 

Pelos azuis e brancos, Helton acredita que será um «belíssimo jogo» e Jorge Andrade sublinha que mesmo que a equipa fique com nove pontos de vantagem «ainda ninguém pode cantar de galo». Já do lado leonino, Oceano admite que a «urgência em vencer» do Sporting talvez o deixe mais pressionado, enquanto Nélson Pereira lembra que «a história tem dito que seis pontos não é uma vantagem segura».

Jorge Andrade, antigo defesa do FC Porto: «É sempre um jogo especial, um líder contra o segundo classificado. O Sporting não quer perder a vantagem para o Benfica e quer encurtar [para a liderança], o FC Porto quer manter a liderança. O FC Porto tem de jogar com esses dois resultados que somam pontos. O Sérgio [Conceição] não pode passar essa mensagem porque é perigoso, mas uma vantagem de seis pontos contra grandes é um luxo. Nove pontos seria uma vantagem muito grande, mas ainda ninguém pode cantar de galo, porque pode sofrer consequências, já tivemos vários exemplos.»

Helton, antigo guarda-redes do FC Porto: «O FC Porto vem muito empolgado, bem construído, com alguma vantagem e bom futebol, o Sporting está bem definido na sua forma de jogar, mesmo com os problemas que teve no último jogo soube sair bem da dificuldade em busca de reduzir a desvantagem. Vai ser um belíssimo jogo. O plantel do FC Porto é muito bom, já no ano passado houve a oportunidade de jogar sem o Luis Díaz, que é um excelente jogador, isso já está ultrapassado e quem jogar na posição vai cumprir tudo o que o mister pedir.»

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo