Futebol

Conceição Após O Jogo

Treinador Da Equipa Do Fc Porto Após Fez O Balanço Do Jogo

 

Análise: O campeonato é sempre difícil, os jogos têm uma história diferente. Neste sabíamos que vínhamos a um campo que tem jogadores e treinador que o conhecem bem. Deviamos ter feito mais na primeira parte de acordo com o que somos. Se temos uma dinâmica de jogo, com e sem bola, na qual queremos ter supremacia sobre o adversário, onde queremos estar mais alto no campo, onde não queremos permitir que o adversário jogue, aí fica difícil. Aí não somos uma coisa nem somos outros. Os laterais não deram a largura necessária, pelo meio não deu porque o Vizela não deixou. Tivemos de baixar e jogar de forma diferente na segunda parte e mudar jogadores para posições diferentes. É mérito do Vizela, mas temos de olhar para as estatísticas, apesar de não olhar muito para isso. O Vizela fez um remate enquadrado. Os jogadores correram, mas correram mal.

 

Jogadores relaxaram: Eles estavam avisados. Os jogadores deram-me pequenos sinais que nos deixaram em alerta e nos deram o ‘red light’. Não entrámos bem no jogo. As minhas palavras antes do jogo foram para entrarmos fortes porque o Vizela é uma equipa capaz. Sinceramente, eles acabam por correr e dar o máximo, mas depois estamos em dificuldade porque há jogadores no processo ofensivo e defensivo não cumprem. Olhando para o campeonato e para os jogos dos rivais, vai ser uma maratona. Por vezes, será no último minuto, outras vezes será melhor.

Marcano: Fez o que lhe competia, defendeu de uma forma rigorosa, concentrada. Na frente, é sempre um jogador válido no jogo aéreo. Teve um percurso difícil no ano passada e estamos todos contentes porque é mais uma opção. Queremos ter várias opções para várias posições. Está a jogar quem me dá melhor resposta.

300 jogos: São 450 no total. Estou a ficar mais velho, é um dia com misto de sentimentos. Temos o Eduardo, que perdeu o pai, a vitória é também do Telmo, preparador físico que faz anos. Também tive a notícia que um ex-colega meu está mal no hospital. Estou satisfeito, mas esses números não me dizem muito.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo