Notícias

Fc Porto Recorda «entrada assassina» No Clássico De 2006

Na habitual efeméride da newsletter Dragões Diário, o FC Porto recordou o encontro com o Benfica disputado a 28 de outubro de 2006.

O Fc Porto recorda os principais episódios do Clássico e a «entrada assassina» de Katsouranis sobre Anderson não ficou esquecida.

«Neste dia, em 2006, o Estádio do Dragão recebia mais um clássico entre FC Porto e Benfica para o campeonato. E que clássico! O coletivo comandado por Jesualdo Ferreira entrou com o gás todo e antes dos 30 minutos já vencia por 2-0, com golos de Lisandro López e Ricardo Quaresma, este último verdadeiramente extraordinário e só ao alcance dos predestinados. Katsouranis, que já nem devia estar em campo depois de ter partido a perna a Anderson com uma entrada assassina, reduziu a diferença para os lisboetas antes de Nuno Gomes fazer o 2-2, mas José Veiga teria de engolir os gestos feios que dirigiu aos adeptos do FC Porto a partir do banco do Benfica aquando do empate. Já em período de compensação, Bruno Moraes aproveitou uma confusão na área na sequência de um lançamento longo de Fucile e assinou o 3-2 final que fez estremecer de loucura o Estádio do Dragão. Pepe, o nosso capitão, viveu bem por dentro as emoções deste clássico», lê-se naquela publicação.

De recordar que nessa época 2006/07 o FC Porto sagrou-se campeão nacional, com 69 pontos, mais um que o Sporting (2.º) e mais dois que o Benfica (3.º).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo