Futebol

FC PORTO ATÉ MARÇO DEVE PAGAR A DIVIDA POR PEPE

De acordo com o Globoesporte, o FC Porto tem até final de março para saldar uma dívida que tem para com o Grêmio devido à transferência de Pepê.

O valor em causa é de 2,5 milhões de euros (acrescidos de multa pelo atraso e juros) e representa a terceira de cinco parcelas previstas no pagamento dos 15 milhões de euros: o Grêmio ficou com direito a 70 por cento deste valor, cabendo o restante ao Foz do Iguaçu, clube onde Pepê se formou.

Segundo o Globoesporte, o emblema de Porto Alegre encetou contactos diretos com a SAD azul e branca mas as duas partes não chegaram a acordo, pelo que o Grêmio recorreu para a FIFA, que tomou a decisão em fevereiro e deu o dia 30 de março como data limite para que a dívida seja saldada. Caso tal não aconteça, o FC Porto corre o risco de sofrer sanções desportivas.

Pepê tem contrato com o FC Porto até 2026 e esta temporada foi utilizado por Sérgio Conceição em 31 jogos (cinco golos e uma assistência).

No negócio com o Grêmio ficou ainda estabelecido que o clube brasileiro terá direito a 12,5 por cento das mais valias numa hipotética venda de Pepê por parte do FC Porto.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo