Futebol

Francisco Conceição Abordou a Situação De Ser Treinado Pelo Pai Sergio

Francisco Conceição foi numa entrevista onde abordou a situação De Ser Treinado Pelo próprio Pai

Francisco Conceição foi o grande entrevistado da edição de março da revista Dragões. Atualmente no plantel principal do FC Porto, o extremo abordou a situação de ser treinado pelo pai, Sérgio.

 

«Para mim é um grande orgulho poder ser treinado pelo meu pai. Um orgulho tremendo e uma felicidade enorme, mas sei distinguir os dois papéis e ele também», atirou, falando de uma forma mais geral de Sérgio Conceição: «Sabemos da exigência dele e isso só faz com que possamos evoluir cada vez mais. É nessa exigência que conseguimos crescer e faz parte do trabalho, torna-nos melhores e mais fortes».

 

E na relação com o pai, Francisco Conceição falou ainda do abraço emotivo que os dois deram no dérbi com o Boavista (3-2), na época passada.

 

«Naquele momento a emoção tomou conta de nós. Emocionámo-nos, eu e ele, tal como o resto da equipa, até pelo momento do jogo e pelo resultado que não nos era favorável. Infelizmente, não deu certo, mas o momento fica para sempre», atirou, falando de outro abraço após a estreia a marcar: «Foi a forma de lhe dedicar o golo».

Por último, o internacional sub-21 revelou que não é habitual falar de futebol em casa.

 

«Falamos pouco, sobretudo em casa. É claro que recebo sempre conselhos dele, mas não costumamos falar muito do jogo, pois é um momento em que podemos relaxar um pouco e não estar sempre a falar de futebol», atirou, confessando, no entanto, um aspecto em que se está a tornar igual a Sérgio Conceição: «É muito difícil lidar com o meu quando o FC Porto não ganha. Eu próprio já tenho esse hábito, saio um pouco a ele nesse aspecto também, na minha azia. Em casa somos todos assim, ficamos na azia que dura alguns dias».

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo