Futebol

Gonçalo Ramos & Roger Schmidt

Declarações de Gonçalo Ramos e Roger Schmidt em antevisão ao Benfica-Maccabi Haifa, partida relativa à primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões e marcada para esta terça-feira, às 20h00.

O treinador assumiu esta segunda-feira que quer alcançar os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, mas considerou que é cedo para falar de objetivos na competição.

Em conferência de imprensa alemão fez a antevisão do encontro de terça-feira da primeira jornada do Grupo H, frente ao Maccabi Haifa,

“A nossa primeira tarefa é ganhar este jogo. Claro que o nosso objetivo é alcançar a fase de eliminatórias, porque se jogas com quatro equipas no grupo e duas vão à fase a eliminar, queremos dar o nosso melhor para ser uma destas equipas. Claro que é difícil, mas este ainda não é o momento certo para falar de objetivos”, comentou.

Nesse sentido, assumiu que não pensa que seja crucial vencer os dois encontros frente ao Maccabi Haifa para seguir para os oitavos de final, num grupo do qual também fazem parte Paris Saint-Germain e Juventus, que se defrontam em França.

“Sinceramente, não penso assim. Todas as equipas merecem jogar a Liga dos Campeões. Todas estas equipas são de topo e temos de olhar para cada jogo individualmente. A Liga dos Campeões é a melhor competição de clubes do mundo. Pensar muito em todos os seus jogos não é bom para nós, temos de ir passo a passo”, traçou o técnico dos “encarnados”.

O treinador analisou ainda o adversário de terça-feira, que “foi campeão de Israel” na época passada e “venceu os campeões de Grécia (Olympiacos), Chipre (Apollon Limassol) e Sérvia (Estrela Vermelha) nas pré-eliminatórias”.

“Mostraram que têm muita qualidade, sobretudo na frente. Têm jogadores que são muito perigosos, bons finalizadores, muito físicos por isso merecem jogar a Liga dos Campeões”, analisou Schmidt.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo