Notícias

Jesus Revela O Processo Da Sua Saída Do Benfica

Em entrevista à Sportv,o ex-treinador teve no as horas após o FC Porto-Benfica, de 23 de dezembro do ano passado e todo o processo da sua saída do Benfica.

Jorge Jesus relatando o episódio de indisciplina de Pizzi com um dos adjuntos:

«Depois do jogo no Dragão houve um jogador, o Pizzi, que fez alguns comentários a um adjunto e eu juntei todo que se estava a passar. Todas estas questões, o presidente, os adeptos a assobiarem quando ganhávamos, mais esse episódio… Disse “chega, vou-me embora”. Jogamos no dia 23, dei folga a 24, 25 e 26 e nesse dia 26, às onze da noite, ligo ao Rui Costa a dizer que queria falar com ele, que não queria ser mais treinador do Benfica. Ele disse-me para pensar melhor e para dormir sobre o assunto, para não tomar essa decisão», começou por contar o treinador português.

«No dia seguinte, antes do treino, ele estava à minha espera, mais o Luisão e outros dirigentes, para tentarem convencer-me a mudar de ideias, mas eu disse que a situação não era boa para mim, para ele e para o Benfica. Disse-lhe “se és meu amigo, se gostas do Benfica, e gostas mais do que eu de certeza, deixa-me sair». Só queria chegar a um acordo e saí», concluiu.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo