Futebol

O Cristiano No Manchester

Manchester já não precisa de Cristiano Ronaldo, segundo o Martin Samuel

Depois de Cristiano Ronaldo ter sido utilizado apenas nos instantes finais da vitória por 2-1 do Manchester United diante do Liverpool, na segunda-feira, Martin Samuel, colunista do jornal Daily Mail, avança que CR7 é considerado um ativo dispensável em Old Trafford.

“O casamento de Cristiano Ronaldo acabou… e é o Manchester United que quer o divórcio. Pela primeira vez na sua carreira, o clube parece melhor sem ele, depois da vitória dramática diante do Liverpool. Jogo após jogo, Cristiano Ronaldo está cada vez mais longe do Manchester United, mas não da forma que imaginava”, começou por dizer.

O jornalista inglês prosseguiu, salientando as várias recusas de que CR7 foi alvo durante este mercado de verão.

“Depois de ter tornado claro que era superior ao United, ele imaginou, sem margem para dúvidas, que seria perseguido por vários pretendentes e pelo United também. Mas não foi isso que aconteceu. Os rumores ao Chelsea não deram em nada e o interesse de clubes da Premier League foi mínimo. Com Ronaldo decidido em manter o seu recorde de aparições na Liga dos Campeões, que começou em 2002/03, ele recebeu muito poucas, se é que algumas, neste país. O interesse do Atlético de Madrid não se refletiu em nada e também não chegou nada de Itália, após uma passagem banal pela Juventus”, enumerou Samuel.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo