Futebol

Roger Schmidt Rejeitou Proposta Milionária

Roger Schmidt rejeitou Leipzig visou "É uma honra treinar o Benfica"

Segundo o jornal “o jogo” o treinador do Benfica, Roger Schmidt, concedeu uma extensa entrevista à mais recente edição da revista alemã Kicker, na qual revelou que rejeitou uma proposta para orientar o Leipzig, em dezembro, quando ainda ocupava o comando técnico do PSV.

“É um princípio meu, não é uma opção deixar a minha equipa a meio da época. As coisas correram bem, em Eindhoven, a nível desportivo, e o trabalho em conjunto desenvolve sempre a relação com o grupo”, começou por dizer.

“Formam-se ligações. É por isso que não consigo imaginar deixar a minha equipa a meio de uma temporada”, acrescentou o germânico, que garantiu, ainda, estar satisfeito com os primeiros meses ao ‘leme’ do Benfica.

“Quando o contacto chegou, para mim, foi claro. Se o Benfica me queria a treinar lá, então, pertencia lá, a 100%. Para mim, é uma honra poder treinar um clube como este”, referiu.

Na mesma entrevista, Roger Schmidt explicou a aquisição daquele que foi o mais mediático reforço de verão dos encarnados: “Não contratámos Julian Draxler porque funcionou bem com Gotze, em Eindhoven, mas sim porque estamos totalmente convencidos com ele”.

“Ele é um jogador de topo, que nos dá ainda mais flexibilidade, no ataque. Por isso, não tem nada a ver com uma história a repetir-se. Devemos sempre ter em conta o contexto, e não as pessoas”, completou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo