Futebol

Roger Schmidt Responde de Na Imprensa

Declarações de Roger Schmidt, treinador do Benfica, antes do confronto contra a Juventus na Liga dos Campeões

O adversário e a equipa titular: “”Sei que eles já mudaram de tática algumas vezes, mas isso também depende das lesões de alguns jogadores. Já mostraram que são capazes de jogar em diferentes abordagens. Jogam em defesa de cinco ou quatro. Creio que é sempre importante focar-nos em nós próprios, respeitando os adversários claro. Mas temos de jogar o nosso jogo e acreditar na nossa tática. Não vou anunciar o onze. Talvez haja surpresas. Ou não. Vamos ver…”

Favoritismo: “Para ser honesto, eu não gosto deste tipo de discussão. A Juventus é uma grande equipa, tal com o Benfica. Mas se olharmos para o orçamento, toda a gente sabe que não podemos ser favoritos. Mesmo com os últimos resultados, temos que respeitar o adversário. Se jogarmos no nosso melhor, será difícil jogarem contra nós. É isso que queremos fazer amanhã. Vai ser um jogo de nível elevado.”

Enzo Fernández: “É um grande jogador e muito jovem. Para ser honesto, desde o primeiro dia parecia que já estava aqui há anos. Penso que isto acarreta muita responsabilidade e confiança. É um jogador muito completo. É um grande jogador e estamos muito felizes por tê-lo connosco. Só espero que consiga manter o nível exibicional.”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo