Futebol

Rúbin Amorim Responde Por Cristiano Cristiano

Declarações do treinador  em antevisão ao Estoril-Sporting, partida relativa à quinta jornada da Liga Bwin e que está marcada para esta sexta-feira, às 21h15.

Plantel: “O Paulinho mantém-se fora, está quase a recuperar. O Pedro Porro volta de castigo e Jovane em tratamento. Não foi a semana mais feliz que tivemos, mas olhamos para o que temos a melhorar. Analisámos as saídas do Chaves na segunda parte, fizemos uma observação do que fizemos e do que podíamos ter feito melhor. Estamos focados nos movimentos, e quando estamos focados assim nas tarefas, o tempo passa mais rápido. O jogo vai ser um dia antes, para mim é bom, porque há muitas coisas boas a serem feitas”.

Ameaçou que se demitia caso Ronaldo viesse para o Sporting? “O Ronaldo é jogador do Manchester United, nunca me foi apresentado. É impossível colocar o lugar à disposição por causa disso, outras coisas mais rápido me fariam pedir a demissão. Tenho um compromisso com o clube e a hipótese de Ronaldo vir nunca se pôs”.

Processo a jornalista da Sport TV: “É uma coisa que me ultrapassa, eu controlo as minhas respostas, não as perguntas da comunicação social. Penso que foi uma coisa regulamentar. Desde o início da época que temos estado a desviar-nos do que é essencial, eu controlo as minhas respostas, com as perguntas é diferente”.

Objetivos: “Ganhar todos os jogos. Há muitas competições em jogo. Temos muito para ganhar. Sabemos da diferença. Não podemos apelar para o coração, os jogadores têm dado tudo. Temos de olhar para os jogos. Sofremos dois golos de bola parada. Não temos Matheus Nunes, que era alto, o Paulinho é o avançado mais alto, perdemos o Palhinha. Mudou a fisionomia do grupo. Não estou com fantasmas, preocupo-me em arranjar soluções. Se ganharmos apagamos a crise. Já temos títulos, já vendemos jogadores, só faltava dar a volta a um momento mau”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo