Futebol

SOARES DE OLIVEIRA IRRITADO DEVIDO A COMISSÃO DE 1.2 MILHÕES

A contratação do avançado Rodrigo Pinho, em final de contrato com o Marítimo, gerou irritação no Benfica, mais concretamente ao administrador da SAD Domingos Soares de Oliveira.

Uma escuta datada de 18 de março de 2021, revelada na edição desta quinta-feira do CM, comprova a irritação de Soares de Oliveira, numa conversa com Miguel Moreira, diretor financeiro dos encarnados. «É mais daquelas coisas assim à sapateiro, não faz sentido nenhum», disse.

Nesse dia, uma funcionária do Benfica dá conta que Rodrigo Pinho vai assinar pelo clube, mas terão de pagar 1,2 milhões de euros em comissões, que terão sido acertadas diretamente com Luís Filipe Vieira.

Miguel Moreira também não escondeu o desagrado «Andamos a matar-nos para cortar mil, dois mil e cinco mil euros e depois só aqui vai um milhão e duzentos mil», explica.

Em nenhum momento da conversa, Soares de Oliveira e Miguel Moreira dizem quem receberá o dinheiro, mas percebe-se que não é o empresário do jogador, mas sim um intermediário «bem conhecido» da casa.

Percebe-se ainda na conversa que Soares de Oliveira vai proceder ao pagamento, mas quer que o caso seja discutido no Conselho de Administração. «Vai certamente dar lugar a muita azia, mas o Benfica precisa de disciplina», refere. «Deixe lá o homem pôr os contratos de pé. Depois vêm à minha mão, que é para eu falar com ele [com Luís Filipe Vieira]», termina.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo