Futebol

Weigl Aborda A Saída Do Benfica

Declarações de Weigl ao site RP Online, onde aborda a saída do Benfica e o regresso à Bundesliga, agora por empréstimo ao M'Gladbach

Saída do Benfica: “Devo dizer de forma clara que a minha relação com Roger Schmidt foi fantástica desde o início. Falámos sempre abertamente e ele nunca me disse que eu não jogaria se ficasse. E ele também nunca disse que eu não entrava nos seus planos ou que devia procurar um novo clube. No entanto, o futebol dele exige características diferentes dos jogadores, principalmente na minha posição e, por isso, joguei muito pouco com ele. Pensei e decidi seguir um novo caminho, encontrando-o no Moenchengladbach, onde as pessoas procuravam exatamente os aspetos que fazem de mim forte. Informei Roger Schmidt sobre a minha decisão de sair e ele entendeu.”

Exigência: “”No Benfica a exigência era muito alta. Claro, como equipa com o recorde de títulos em Portugal, as expectativas estão lá só são comparáveis às do Bayern aqui. Podíamos sentir o descontentamento dos adeptos quando perdíamos em casa.”

Empréstimo ao Moenchengladbach: “É uma situação nova para mim. Sei que é algo temporário mas não penso muito nisso. Consigo imaginar o Moenchengladbach como sendo um clube para mim nos próximos anos.”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo